domingo, 31 de agosto de 2014

SÃO GIL OU SANTO EGÍDIO - PADROEIRO DOS VETERINÁRIOS, FISIOTERAPEUTAS, PARAPLÉGICOS - 01 DE SETEMBRO
















Santo Egídio
+ 720
Santo Egídio (em grego:Αἰγίδιος) foi um santo eremita do século VI originário da Grécia que se tornou popular na região da Provença e na Escócia. A abadia onde viveu Santo Egídio, Saint-Gilles, é local de peregrinação e parada oficial dos Caminhos de Santiago.

São Gil é  um dos Catorze santos auxiliares da Igreja Católica.

São poucos os dados que existem sobre a vida de Egídio. Mas com certeza sabemos que ele era grego e pertencia a uma rica família da nobreza de Atenas. 

Depois da morte de seus pais, decidiu ser um ermitão, para viver na pobreza e totalmente dedicado a Deus. 







Para isso distribuiu todos os bens que herdou entre os pobres e doentes e viveu isolado na oração e penitência, sendo agraciado pelo Espírito Santo com os dons especiais da cura, da sabedoria e dos milagres.

Um dos primeiros milagres a ele atribuídos diz que, certo dia, encontrou na porta de uma igreja um mendigo muito doente e esfarrapado. 
Penalizado com a situação do pobre, Egídio cobriu-o com seu velho manto e, naquele instante, um prodígio aconteceu: o homem, que até então agonizava, levantou-se completamente curado. 

Depois essas curas se repetiram e foram se multiplicando de tal forma que ele ganhou fama de santidade. Mas os devotos passaram a procurá-lo com freqüência, então Egídio decidiu partir.

Em 683, viajou para a França. 

Conta a tradição que ele salvou o navio repleto de passageiros, no qual viajava também. Uma enorme tempestade teria desabado sobre a embarcação. Todos já tinham perdido as esperanças quando Egídio, em prece, ergueu as mãos aos céus. As ondas ameaçadoras acalmaram-se na mesma hora e todos desembarcaram com segurança.

Na França, viveu numa caverna de uma floresta próxima de Nimes, cuja entrada era escondida por um arbusto espinhoso. Na mais completa pobreza, alimentava-se apenas de ervas, de raízes e do leite de uma corsa, que, segundo a tradição, foi-lhe enviada por Deus.











Certa vez, o rei Vamba, dos visigodos, foi caçar nas proximidades da caverna de Egídio e, em vez de flechar uma corsa que se escondera atrás de um arbusto, flechou a mão do pobre ermitão, que tentava proteger o animal acuado. 









Foi descoberta, assim, a residência do eremita. O rei, para desculpar-se, passou a visitá-lo com seus médicos até sua cura completa.

Depois disso, o rei continuou a visitá-lo com freqüência, presenciando vários prodígios que divulgava na Corte.






 Assim, a fama de santidade de Egídio ganhou vulto e ele passou a ter vários discípulos. 

O rei, então, mandou construir um mosteiro e uma igreja, que doou para ele, que foi eleito abade. 

O mosteiro passou a ter uma disciplina própria escrita por Egídio. Mais tarde, ao seu redor surgiu o povoado que deu origem à cidade de Santo Egídio e o mosteiro foi entregue aos beneditinos.







Mosteiro de Santo Egídio ou São Gil, na França.






A morte de Egídio ocorreu, provavelmente, no dia 1º de setembro de 720. 

Logo após, os devotos fizeram da sua sepultura um ponto obrigatório de peregrinação. 

O seu culto tornou-se vigoroso e estendeu-se por todo o mundo cristão. 

Santo Egídio teve sua festa confirmada pela Igreja, que o colocou na lista dos quatorze "santos auxiliadores" do povo, sendo invocado contra a convulsão da febre, contra o medo e contra a loucura.

Também é invocado contra a praga, para se fazer uma boa confissão, e pelos inválidos, mendigos e ferreiros.



 A rectangular oil painting of three saints. It is set in a landfscape and divided in three section by craggy rocks along the side of a stream. Ss Maurus and Giles are robed in black as Dominican friars. Maurus has a bishop's staff and reads a book. Giles has his hand on the head of a doe. In the centre, St Christopher, with a wooden staff and red robe, wades in the stream carrying the Christ Child on his shoulders. The child is robed in black.

Santo Amaro, São Cristovão e São Gil





  "Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala."
Hebreus 11,3-4



ORAÇÃO:
Que a intercessão 
do Bem-aventurado Abade, São Gil, 
nos seja uma recomendação, Senhor, 
para podermos obter por sua proteção, 
o que não ousamos esperar de nossos méritos.
Por Cristo Nosso Senhor





Proteja-nos, Senhor,
  a intercessão do Bem-aventurado Abade, São Gil, 
para pormos em prática os exemplos de sua vida
 e nos beneficiarmos do auxílio da sua prece.
Por Cristo Nosso Senhor.




Santo Egídio com Cristo triunfante e os Apóstolos enviados em missão.





Cristo, que aos santos dais nos céus o prêmio,
com vossa glória os coroando assim,
dai-nos seguir os passos deste mestre
e ter um dia um semelhante fim.









"Exultem em Javé, ó justos!
 Aos retos convém o louvor."
 (Salmos 33, 1)









"Muitos elogiarão a sua inteligência, e ele nunca será esquecido. Não desaparecerá a sua recordação, e a sua fama viverá de geração em geração.
Os povos falarão da sua sabedoria e a assembléia proclamará os seus louvores.
Se viver por muito tempo, deixará um nome mais famoso que mil outros, e quando morrer, isso lhe bastará." 
(Eclesiástico 39, 9-11)










"  A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.
Tiago 5,16










Por meio de Cristo é que os Santos intercedem (I Pedro 2,5),
 como membros de seu corpo (I Coríntios 12,20.25-26),
 pois Cristo vive para interceder (Hebreus 7,25),
 e a morte não nos separa do Senhor (Romanos 8,38-39), 
mas nos une ao Senhor
 (II Coríntios 5,6-8; I Tessalonicenses 5,10; Filipenses 1,23) , 
pois vivos ou mortos pertencemos ao Senhor
 (Romanos 14,8) 
e procuramos agradá-lo
 (II Coríntios 5,9).






Nenhum comentário:

Postar um comentário