domingo, 28 de maio de 2017

SANTO ANÍBAL MARIA DE FRANCIA - APÓSTOLO DAS ORAÇÕES PELAS VOCAÇÕES - 01 DE JUNHO








É o padroeiro da animação vocacional.

Aníbal Maria Di Francia nasceu em Messina (Itália) aos 5 de julho de 1851. Foram seus pais, a nobre senhora Anna Toscano e o cavalheiro Francisco, marquês de S. Catarina de Jonio, vice-cônsul pontifício e capitão honorário da marinha.

Aníbal, terceiro de quatro filhos, ficou órfão aos 15 meses pela morte prematura do pai. A amarga experiência infundiu no ânimo precoce do menino, uma particular ternura e um especial amor para com os órfãos e crianças abandonadas que caracterizaram não só a sua vida, mas todo o seu sistema educativo.

Desenvolveu grande amor a Jesus Sacramentado, tanto que recebeu autorização - excepcional naquele tempo - de comungar diariamente. Muito jovem ainda, diante de Jesus Sacramentado solenemente exposto, recebeu a graça especial que podemos definir como a inteligência do Rogate (Rogai): «A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai [Rogate], pois, ao dono da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita» (Mt 9, 38; Lc 10, 2). Estas palavras do Evangelho constituíram a intuição fundamental, o carisma ao qual dedicou toda a sua vida.

Dotado de grande genialidade e notáveis capacidades literárias, apenas ouviu a chamada do Senhor, respondeu pronta e generosamente, adaptando os talentos ao seu ministério. 


Image result for sant'Annibale Maria di Francia




Completados os estudos, aos 16 de março de 1878, foi ordenado sacerdote. Alguns meses antes se encontrou providencialmente com um mendigo quase cego que lhe proporcionou a oportunidade de entrar em contato com a triste realidade social e moral da periferia mais pobre de Messina, as assim chamadas Casas Avignone que lhe abriu o caminho daquele imenso amor para com os pobres e órfãos que se tornou uma característica fundamental de sua vida. Com o consentimento de seu Bispo foi morar naquele gueto e empenhou todas as suas energias na redenção daqueles infelizes, que aos seus olhos se apresentavam com a imagem evangélica das ovelhas sem pastor. Foi uma experiência marcada por contradições, incompreensões e dificuldades de todo tipo, que superou com grande fé, vendo nos humildes e marginalizados o próprio Jesus Cristo realizando aquilo que definia «espírito de dupla caridade: evangelização e serviço dos pobres».




Image result for ANIBAL Maria di Francia


No ano de 1882 tiveram início seus orfanatos que em seguida colocou sob a proteção de Santo Antonio de Pádua, daí recebendo o nome de antonianos.

Sua preocupação não consistia somente em dar aos órfãos pão e trabalho, mas, sobretudo em proporcionar-lhes educação integral especialmente no aspecto moral e religioso, oferecendo aos assistidos um verdadeiro clima de família que favorecesse o processo formativo de descobrir e realizar o plano de Deus.




Image result for ANIBAL Maria di Francia





Pelo seu espírito missionário desejava abraçar todos os órfãos e pobres do mundo. Mas o que fazer? A palavra Rogate abria-lhe esta possibilidade. Por isso escreveu: «O que é este punhado de órfãos que são evangelizados diante de milhões que se perdem e são abandonados como rebanho sem pastor? Eu procurava uma saída ampla, imensa e a encontrei nas adoráveis palavras de N. S. Jesus Cristo: Rogate ergo... e então me pareceu ter encontrado o segredo de todas as boas obras e da salvação de todos os homens».

Aníbal tinha intuído que o Rogate não era uma simples recomendação do Senhor, mas um comando explicito e um «remédio infalível». Razão pela qual seu carisma deve ser considerado principio animador de uma providencial fundação na Igreja. Outro aspecto a se destacar é que ele antecede o tempo ao considerar como vocações também os leigos engajados, pais, professores e até os bons governantes.

Para realizar na Igreja e no mundo seus ideais apostólicos, fundou duas novas famílias religiosas: em 1887 a Congregação das Filhas do Divino Zelo e, dez anos mais tarde, a dos Rogacionistas. 



Aníbal Maria Di Francia com seus primeiros colaboradores, em Messina, em 1897
Aníbal Maria Di Francia com seus primeiros colaboradores, em Messina, em 1897




Quis que os membros dos dois Institutos, aprovados canonicamente aos 6 de agosto de 1926, se empenhassem a viver o Rogate com um quarto voto.
 Assim o Di Francia escreveu numa suplica de 1909 a S. Pio X: 

«Dediquei-me desde a minha juventude à santa palavra do Evangelho: Rogate ergo. Nos meus mínimos Institutos de beneficência se eleva oração incessante e cotidiana dos órfãos, dos pobres, dos sacerdotes e virgens consagradas, com as quais se suplicam aos Corações Santíssimos de Jesus e Maria, ao Patriarca S. Jose e aos Santos Apóstolos para que queiram prover abundantemente a S. Igreja de sacerdotes eleitos e santos, de evangélicos operários da mística messe das almas».

Para difundir a oração pelas vocações promoveu numerosas iniciativas, correspondia-se e teve encontros pessoais com os Sumos Pontífices de seu tempo, instituiu a Sagrada Aliança para o clero e a Pia União da Rogação Evangélica para todos os fiéis. Fundou o jornal com o significativo titulo «Deus e o Próximo» para envolver os fiéis na vivência dos mesmos ideais.

«É toda a Igreja - escreve - que oficialmente deve rezar para esta intenção, pois a missão da oração para obter bons operários é tal que deve interessar vivamente os bispos, os pastores do místico rebanho, aos quais são confiadas as almas e são hoje os apóstolos de Jesus Cristo». O Dia Mundial de oração pelas vocações, instituído por Paulo VI em 1964, pode considerar-se a resposta da Igreja à esta sua intuição.



Image result for ANIBAL Maria di Francia




Teve grandíssimo amor ao sacerdócio, convicto de que somente mediante a ação de numerosos e santos sacerdotes é possível salvar a humanidade. Empenhou-se fortemente na formação espiritual dos seminaristas que o Arcebispo de Messina confiou a seus cuidados. Com freqüência repetia que sem uma sólida formação espiritual, sem oração, «toda fadiga dos bispos e reitores de seminários se reduz geralmente a um cultivo artificial de padres...». 

Sua caridade, definida sem cálculos e sem limites, manifestou-se com conotações particulares mesmo para com sacerdotes em dificuldade e irmãs de clausura.

Durante sua vida terrena já se manifestava clara e genuína fama de santidade observável em todos os níveis, de tal modo que, - quando a 1 de junho 1927 morria santamente em Messina, confortado pela presença de Nossa Senhora que muito amara ao longo de sua existência, o povo repetia: «vamos ver o santo que dorme». 



Image result for sant'Annibale Maria di Francia




Seus funerais foram uma verdadeira e própria apoteose que os jornais da época registraram com precisão não só com artigos, mas também com fotografias. As autoridades foram solícitas em permitir que fosse sepultado no Templo da Rogação Evangélica, cuja construção ele mesmo quis e que é dedicado exatamente ao divino preceito: «Rogai ao dono da colheita para que mande trabalhadores à sua colheita».

As Congregações religiosas dos Rogacionistas e das Filhas do Divino Zelo, fundadas por Padre Aníbal, estão presentes nos cinco continentes empenhadas conforme os ideais do Fundador, na difusão da oração pelas vocações através de centros vocacionais e editoras e na gestão de institutos-assistenciais a favor das crianças (Menores abandonados, meninos de rua, órfãos, surdos-mudos), centros nutricionais e de saúde, abrigos para anciãos e Casa para mães solteiras, escolas e centros de formação profissional...



Image result for ANIBAL Maria di Francia



A santidade e missão de Padre Aníbal declarado «insígne apóstolo da oração pelas vocações» são experimentadas hoje profundamente por todos que estão compenetrados das necessidades vocacionais da Igreja.

O Sumo Pontífice João Paulo II o proclamou Bem-aventurado aos 7 de outubro de 1990 definindo-o «autêntico antecipador e zeloso mestre da moderna pastoral vocacional».

MILAGRES PARA A BEATIFICAÇÃO E CANONIZAÇÃO

Os acontecimentos milagrosos que foram atribuídos à intercessão do Padre Aníbal Maria Di Francia, e que acompanharam o processo de beatificação para a canonização foram a cura da pequena brasileira Gleida,  e a da pequena dinamarquesa Charisse Philippine Nicole Diaz. 
Foi beatificado em 07 de outubro domingos 1990 e canonizado em Roma pelo Papa Giovanni Paolo II domingos 16 de Maio de de 2004 no adro da igreja de São Pedro.

S. Aníbal Maria Di Francia, é o apóstolo da oração pelas vocações. "A comemoração litúrgica cai em 1 de Junho.





Canonização: 16 de maio de 2004, vaticano por Papa João Paulo II



Para efeitos de canonização , a Igreja Católica aprovou como milagrosa, a cura de Charisse Nicole Diaz, recuperada em 1993 de meningite bactérias resistentes a antibióticos . Charisse Nicole Diaz, nascida em 28 de janeiro de 1993, no Hospital de St. Paul, em Iloilo, Filipinas, durante a internação, contraiu pseudomonas meningite bacteriana com hidrocefalia e atrofia do córtex cerebral . As bactérias se mostraram resistentes aos antibióticos utilizados e os pais, ambos médicos, sabiam que, se sobrevivesse, o que é improvável, traria resultados incapacitantes.

Graças à intervenção de um parente rogacionista , família e amigos começaram uma novena para obter a intercessão do Padre Aníbal, ainda Beato .

A criança recebeu alta hospitalar após 36 dias de internação, completamente curada.

O caso, após o julgamento diocese , foi submetido à Congregação para as Causas dos Santos , que em 15 de outubro 2003 , promulgou um decreto sobre o milagre, declarando a cura inexplicável e ausência de pós-efeitos esperados.




ORAÇÃO

Ó Coração Divino de Jesus, que escolhestes a Santo Aníbal Maria para ser o apóstolo das oração pelas vocações e lhe deste tanta caridade, tornando-o pai dos órfãos e dos pobres, concedei-me a força de imitar o seu exemplo e as suas virtudes. Por sua intercessão, daí-me a graça que vos peço…

1 Pai nosso
1 Ave Maria 

Santo Aníbal, Rogai por nós!
Amém.
Image result for sant'Annibale Maria di Francia





1 Pedro 5, 1-4
Recomendo aos presbíteros que estão entre vós, eu também
presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo
e participante da glória que há-de ser revelada: Apascentai o
rebanho de Deus que vos foi confiado, velando por ele, não
constrangidos mas de boa vontade, segundo Deus, não por
ganância mas por dedicação, nem como dominadores sobre
aqueles que vos foram confiados mas tornando-vos modelos
do rebanho. E quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a
coroa eterna de glória.



Image result for sant'Annibale Maria di Francia


Ant. Fiz-me tudo para todos, para salvar a todos (T. P. Aleluia).

OREMOS:

Senhor, luz dos fiéis e pastor das almas, 
que destes à vossa Igreja Santo Aníbal Maria de Francia,
 para apascentar o vosso povo com a sua doutrina
 e o iluminar com o exemplo da própria vida,
 fazei que, por sua intercessão, 
perseveremos na fé que ele ensinou com a sua palavra
 e sigamos o caminho que ele mostrou pelo seu exemplo. 
Por Nosso Senhor





Image result for sant'Annibale Maria di Francia


1 Tim 3, 13
Aqueles que exercerem bem o seu ministério, alcançam
uma posição honrosa e uma grande confiança fundada sobre a
fé em Cristo Jesus.

V.Se o Senhor não edificar a casa (T. P. Aleluia),
R. Em vão trabalham os que a constroem (T. P. Aleluia).




Image result for sant'Annibale Maria di Francia




ORAÇÃO:
Senhor, que, na vossa infinita misericórdia,
 confiastes a Santo Aníbal Maria de Francia 
a missão de anunciar as insondáveis riquezas de Cristo,
concedei-nos, por sua intercessão,
 a graça de crescer no conhecimento da vossa verdade
 e de viver segundo o Evangelho,
dando fruto abundante de boas obras.
 Por Nosso Senhor
AMÉM!





Image result for sant'Annibale Maria di Francia






quinta-feira, 18 de maio de 2017

BEATA COLOMBA DE RIETI - PROTETORA CONTRA FEITIÇARIAS E TENTAÇÕES - 20 DE MAIO

  Related image


Porque nunca será abalado; 
o justo estará em memória eterna.
 Salmos 112,6

 Angelina Guadagnoli nasceu numa família da aristocracia italiana em 2 de fevereiro de 1467, na cidade de Rieti. O dia do seu batizado foi marcante e muito curioso. 
No mesmo instante em que o padre lhe ministrava o batismo, desceu sobre sua cabeça uma pomba branca, talvez como um símbolo da infinidade de graças que o Espírito Santo colocou em sua alma. Por isso, ficou conhecida como Colomba, que significa "pomba".

     Sua celebridade é baseada principalmente em duas coisas: a natureza altamente milagrosa de sua vida desde o seu início, e sua intensa devoção ao Santíssimo Sacramento. 





Image result for Colomba da Rieti





Ela foi uma dentre numerosas santas mulheres dominicanas que parecem ter sido suscitadas por Deus para protestar contra e em contraposição à impiedade e à imoralidade corrente na Itália durante os séculos XV e XVI.

     Essas mulheres, quase todas da Ordem Terceira, tinham uma intensa devoção a Santa Catarina de Siena, e tinham como objetivo imitá-la tanto quanto possível. Muitos leigos, tanto homens como mulheres, compartilhavam esta devoção, entre estes Ercole I, Duque de Ferrara, que tinha uma profunda admiração por Colomba e por algumas outras santas dominicanas suas contemporâneas, as mais notáveis das quais foram as Beatas Osana de Mântua e Luísa de Narni. A veneração de Ercole por esta última foi tão grande, que ele não descansou até conseguir que ela fosse viver em Ferrara com algumas de suas irmãs, onde ele mandou construir para ela o seu convento, onde ela morreu depois de muitas provações.


Related image




Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo. 
Mateus 10,41











     Angelina, desde a infância consagrou seu coração e sua vida ao amor a Jesus Cristo, como fizeram São Domingos e Santa Catarina, com quem conviveu e dos quais foi discípula. Por si mesma e com firmeza seguiu o caminho para a santidade.
     A tradição diz que ainda no berço procurava privar-se da amamentação. Sua infância foi repleta de penitências severas que só podem ser equiparadas àquelas dos adultos mais santificados.

Ela foi criada em uma família pobre, mas piedosa; Seus pais deram quase tudo o que tinham para as pessoas ainda mais pobres do que eles. Quando menina, a pequena Columba aprendeu a fiar e costurar; Ela e sua mãe repararam as roupas dos dominicanos locais. Ela foi educada por freiras dominicanas .

 Ainda na adolescência, ela orou sobre sua vocação na vida e recebeu uma visão de Cristo em um trono cercado por santos . Ela tomou isso como instrução para se dedicar a Deus , e assim ela se isolou do mundo, fez um voto privado de castidade , e passou seu tempo em oração .



Related image



     Aos dez anos ela consagrou sua virgindade a Jesus, mesmo sabendo que seus pais tinham assumido um casamento para ela. Prometida em casamento a um nobre quando tinha apenas 12 anos, recusou resolutamente o casamento de alta linhagem.

O acerto das núpcias foi desfeito quando ela apareceu com a cabeça raspada diante dos pais, que ficaram comovidos com a real vocação da filha.
     Sete anos depois vestiu o hábito de Terciária Dominicana. Iniciou sua formação religiosa no convento dominicano da Ordem Terceira, e teve como orientadores espirituais Santa Catarina, a quem ela chamava de "irmã", e São Domingos, de quem recebeu o hábito em 1496.
     Colomba era de fato muito especial, pois além da alta capacidade contemplativa, contava com dons extraordinários como o da profecia, do conselho, da cura, e sabia perceber, como ninguém, os sentimentos da alma humana.

Columba rapidamente desenvolveu uma forte devoção a Santa Catarina de Siena e à Virgem Maria 

     Em 1488, aos dezenove anos, atendendo uma inspiração, foi para a cidade de Perugia; os habitantes receberam-na como uma santa. Após algum tempo, ela construiu seu Convento de Santa Catarina, no qual ela reuniu todas as religiosas da Ordem Terceira Dominicana que a desejavam como superiora apesar de sua pouca idade. Seu mosteiro se dedicou à educação das jovens nobres e ficou conhecido como o convento das “Colombas”.

     Mas seu apostolado foi muito fecundo também fora do convento, onde se tornou uma verdadeira "pomba da paz e da concórdia" na luta que existia entre as poderosas famílias da nobreza, que disputavam a região. Colomba conseguiu impedir inúmeras lutas sangrentas que poderiam ter destruído várias vezes a cidade de Perugia.





Image result for Colomba da Rieti






      Em 1494, quando uma terrível praga grassava em Perugia, Colomba ofereceu-se como vítima pela cidade. A praga cessou, mas Colomba foi atingida pelo flagelo. Ela se recuperou apenas para salvar sua reputação atacada por calúnias tão amplamente difundidas que chegaram a Roma, de onde uma comissão foi enviada para examinar sua vida. Foi tratada por algum tempo como uma impostora e deposta de seu cargo de priora.

Sua santidade fez com que ela fosse perseguida por Lucrezia Borgia por anos; Em um ponto Borgia teve um decreto emitido acusando Columba de praticar  magia.





Image result for Colomba da Rieti

Em uma vigília na Noite de Natal, a Beata Colomba teve uma visão do Menino Jesus.




     Em 1495, Alexandre VI, tendo ouvido sobre a santidade e os milagres de Colomba, foi pessoalmente a Perugia para vê-la. Diz-se que ela teve um êxtase aos seus pés, e também para ganhar confiança, disse-lhe todos os pecados pessoais. O papa ficou plenamente satisfeito com sua grande santidade e colocou o selo de aprovação em seu modo de vida.




Related image



Ela tinha os dons de profecia, cura , exorcismo , ressuscitar mortos e milagres . Dada a êxtases durante um dos quais seu espírito visitou as Terras Sagradas.

Conta-se que Colomba de Rieti desejava ardentemente visitar os Lugares Santos e rezar em Jerusalém perante o Santo Túmulo.
Sofreu também pequenas bilocações ou exteriorizações. Durante cinco dias, foi transportada em espírito e realizou seu desejo. Os pais e os amigos, que tinham perante os olhos um corpo inerte, julgaram-na morta. Muitos médicos a examinaram com todo o cuidado. Só um a reconheceu como viva. Ora, passados cinco dias, retomou os sentidos, com o funcionamento normal de todos os órgãos.



Related image



     No ano de 1499 ela foi consultada pelas autoridades que estavam examinando os estigmas da Beata Luísa de Narni; Colomba falou calorosamente a favor de serem genuínos, e de sua admiração pela santidade da Beata Luísa.

     Ela morreu aos trinta e três anos de idade, no dia 20 de maio de 1501, no convento que havia fundado em Perugia.



Image result for Colomba da Rieti


Alguns meses antes de sua morte, São Domingos apareceu a ela, dizendo: "Alegra-te, minha filha. A hora está próxima, logo estarás sempre unida a teu Esposo". Depois que o serva de Deus sofreu uma doença longa e dolorosa, esta hora feliz chegou finalmente, na véspera da Ascensão, em 20 de maio de 1501.

A lenda diz que no momento de sua morte, seu amigo e colega terciário dominicano, o Beato Osanna de Mântua , viu a alma de Columba como uma "radiação subindo ao céu". A cidade inteira foi para o seu funeral, que foi pago pelos pais da cidade.



Ela era famosa por seu conselho espiritual, devoção ao Santíssimo Sacramento , e milagres fantásticos foram atribuídos a ela.

     O seu culto foi reconhecido por Urbano VIII em 1627. As relíquias da Beata Colomba ainda são veneradas em Perugia, e sua festa é mantida pela Ordem Dominicana em 20 de maio. O papa Urbano VIII declarou Colomba de Rieti padroeira de Perugia.



Image result for saintcolumba de rieti


Do ponto de vista iconográfico, a Beata Colomba é representada nas roupas Dominicana. Ela é muitas vezes representada com uma pomba. Às vezes, a cabeça está cercada por uma grinalda de rosas. Ela pode estar segurando um lírio e uma cruz. É pintada na Glória e muitas vezes em uma de suas visões místicas. Suas imagens podem ser vistas em algumas igrejas na província de Perugia, Rieti e  há uma imagem valiosa de Carlo Francesco Nuvolone em uma coleção privada em Lodi .


Image result for Colomba da Rieti


Seu corpo e muitas relíquias dela estão preservados no mosteiro das Irmãs Dominicanas de Perugia, para onde foram transferidos após a supressão do mosteiro original.


"E eu vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça;
 para que, quando estas vos faltarem, 
vos recebam eles nos tabernáculos eternos. "
São Lucas 16,9



Image result for columba de rieti



ORAÇÃO À BEATA COLOMBA DE RIETI 
(contra vícios , tentações e magias)

Gloriosa e  querida Beata Colomba,
tu ,que fostes tão grande na prática da virtude, 
obtenha de Deus  que eu possa crescer na fé e na coragem
 de confessar não só com palavras, 
mas com as obras o meu amor a Cristo.
Alcançai-me com tua oração 
que eu ame a Deus com todo o meu coração 
e por Ele e Nele que eu ame o meu próximo. 
Intercedei por mim na tribulação para que tudo suporte por amor a Cristo e para que eu saiba esperar
de sua infinita bondade  as consolações e graças necessárias para alcançar a salvação eterna.
Livrai-nos com tua intercessão 
de todos os inimigos corporais e espirituais,
 de todas as tentações e vícios,
 de toda força maligna e magia.
 Que eu vença o mal com o Bem, pratique as virtudes e com o poder da oração vença todos os meus inimigos, convertendo -os em nome de Jesus, Nosso Senhor e Salvador. 
Obtenha do Senhor que eu possa viver e morrer sempre na comunhão e devoção com o Santíssimo Sacramento do Altar
 e no último dia de minha vida possa partir deste mundo assistido pelos sacramentos da  Santa Mãe Igreja.
Amém!




Image result for saintcolumba de rieti

Filipenses 4, 8.9: 
"Irmãos: tudo o que é verdadeiro, tudo o que é justo e puro, tudo o que é amável e de boa reputação, tudo o que é virtude e digno de louvor, é o que deveis ter no pensamento.
E o Deus da paz estará convosco. "

V. A Vós Senhor, entoarei salmos (T. P. Aleluia). 
R. Quero seguir o caminho perfeito (T. P. Aleluia).


Image result for pomba gif


ORAÇÃO:
Senhor, que destes a Beata Colomba de Rieti
 a graça de imitar fielmente a Cristo pobre e humilde,
 concedei-nos também a nós,
 por intercessão desta santa, que, 
vivendo plenamente a nossa voca-
ção, caminhemos para a santidade perfeita,
 à imagem de Jesus Cristo vosso Filho, 
Ele que é Deus convosco
 na unidade do Espírito Santo.
Amém!

Image result for columba de rieti

Beata Colomba de Rieti em oração.


Romanos 12, 1-2:
"Peço-vos, irmãos, pela misericórdia de Deus, que vos ofere-
çais a vós mesmos como vítima santa, viva, agradável a Deus.
Tal é o culto espiritual que Lhe deveis prestar. Não vos conformeis
com este mundo; mas transformai-vos pela renovação
da vossa mente, para saberdes discernir, segundo a vontade de

Deus, o que é bom, o que Lhe é agradável, o que é perfeito."



Image result for Colomba da Rieti


Fontes:

quarta-feira, 17 de maio de 2017

SANTA RESTITUTA DA TUNÍSIA - MÁRTIR - 17 DE MAIO

Image resultado para santa Restituta basilica
    

     Santa Restituta de Teniza nasceu em Cartago ou em Teniza (hoje conhecida como Ras Djebel, Tunísia) e foi martirizada durante a perseguição de Diocleciano. Não temos dados históricos precisos sobre o local exato e o ano do seu martírio. Ela às vezes é considerada um dos Mártires de Abitina, um grupo de mártires do Norte Africano que inclui Dativo, Saturnino e outros.




Santa Restituta foi levada ao Proconsul Anulino, interrogada sobre sua fé cristã e condenada a negar sua fé e oferecer sacrifícios aos deuses



Restituta, estudou a doutrina cristã com São Cipriano, bispo de Cartago, fazia parte do grupo de mártires Abitinesi, descrito na seção "Passio SS. Dativos, Saturnini et aliorum", elaborados pelos Pio Franchi Dei Cavalieri. 
Durante a perseguição anti-cristã décimo ordenada pelo imperador Diocleciano em 304, um grande número de cristãos, vindos de cidades vizinhas de Cartago e Bizerte, continuou a reunir na cidade de Abitina na casa de Ottavio Felice, para celebrar o rito eucarístico, disse "Dominicum" (a Missa), sob a liderança do presbítero Saturnino. 
Cerca de cinqüenta deles foram presos pelos soldados romanos foram presos, interrogados e depois arrastado em cadeias em Cartago. 
Em 12 de fevereiro, o 304 passou por interrogatório ritual na presença do procônsul Anulino e reafirmaram a sua fé sob a tortura, foram condenados à morte, entre eles estava Restituta. 



Uma das torturas foi deslocar seus membros sobre um potro.



Depois foi lançada na masmorra, mas um Anjo do Senhor a animou e consolou lhe dando forças para resistir na fé.






Por não negar sua fé cristã, Santa Restituta foi flagelada e amarrada pelos cabelos enquanto tinha  os pés atravessados com cravos para ser esticada.



    Uma antiga legenda medieval, recontada posteriormente por Pedro Subdiácono no século X, e semelhante às legendas associadas às Santas Devota, Reparata e Torpes de Pisa, afirma que depois de ter sido horrivelmente torturada Restituta foi colocada em um barco em chamas carregado de estopa e resina. 





Enquanto o barco de Santa Restituta foi protegido do fogo, os verdugos foram castigados 



Restituta saiu ilesa do fogo e rogou pela ajuda de Deus. Deus enviou um anjo para guiar seu barco para a Ilha de Aenaria (atual Ischia), e ela aportou no local onde atualmente se encontra San Montano.



Image result for santa Restituta

Lucina recebe o corpo de Restituta na praia de San Montano. Lienzo de Ferdinando


     Além disso, a legenda afirma que uma mulher cristã do local chamada Lucina tinha sonhado com o anjo e o barco. Quando ela se caminhou para a praia encontrou o corpo resplandecente e incorrupto de Restituta, que agora estava morta. 

Lucina convocou a população e a santa foi solenemente enterrada no sopé do Monte Vico, em Lacco Ameno, onde uma basílica paleocristã foi dedicada a ela e é agora o local de um santuário onde ela é venerada.



Image resultado para santa Restituta basilica




     No entanto, a propagação do seu culto do Norte de África para a Itália é historicamente associada à expulsão dos católicos daquela região por Genserico, rei dos Vândalos, que pertencia à seita ariana. Provavelmente suas relíquias foram trazidas para Nápoles no século V por Gaucioso de Nápoles, quando de seu exilio.





     A Igreja de Santa Restitua foi construída em sua honra em Nápoles no século VI. A igreja foi então incorporada à Catedral de Nápoles construída no mesmo local no século XIII.

     Ela é a padroeira de Lacco Ameno e, além daquela cidade, ela é especialmente venerada na Ilha de Ischia. Em Lacco Ameno ela é festejada durante três dias, do dia 16 ao dia 18 de maio. 


Resultado de imagem para santa Restituta martirio crypta



Uma cripta associada à Santa Restituta pode ser encontrada em Cagliari, no bairro de Stampace.



Resultado da imagem para santa Restituta martirio crypta


1 Pedro 5, 10-11
O Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória
eterna em Cristo Jesus, depois de terdes sofrido um pouco, vos
aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis e vos fortificará
A Ele o poder e a glória por toda a eternidade. Amén.




Apocalipse 2, 10-11
Não temas os sofrimentos que te esperam. O demónio vai
lançar alguns de vós na prisão, para vos pôr à prova, e sereis
atribulados durante dez dias. 
Permanece fiel até à morte, 
e Eu te darei a coroa da vida.

V. Os santos, que esperam no Senhor (T. P. Aleluia),
R. Serão fortes e não cairão vencidos (T. P. Aleluia)

Imagem associada

ORAÇÃO:
Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso. Pela mártir Santa Restituta, que confessou o vosso nome e derramou seu sangue como Cristo, manifestais vosso admirável poder. Vossa misericórdia sustenta a fragilidade humana e nos dá coragem para sermos as testemunhas de Jesus Cristo, vosso filho e Senhor nosso. Enquanto esperamos a glória eterna, com todos os vossos anjos e santos, nós vos aclamamos, cantando (dizendo) a uma só voz...

Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo.
O céu e a terra proclamam a vossa glória.
Hosana nas alturas.
Bendito o que vem em nome do Senhor.
Hosana nas alturas.


Image resultado para santa Restituta basilica




ORAÇÃO:

Senhor nosso Deus, 
que nos dais constância na fé 
e força na fraqueza, 
concedei-nos, pelo exemplo e pela intercessão
 de Santa Restituta
a graça de participar na morte e ressurreição de vosso Filho,
 para podermos também gozar convosco,
 na companhia de todos os Mártires, 
a plena alegria do vosso reino.
Por Nosso Senhor.
Amém!




Imagem associada


 Hebreus 11, 33
Pela fé, os santos conquistaram reinos, exerceram a justiça
e alcançaram os bens prometidos, em Jesus Cristo Nosso Senhor.





FONTES:

segunda-feira, 15 de maio de 2017

SANTA CATARINA DE GÊNOVA - PADROEIRA DAS PESSOAS SEM FILHOS - DOUTORA DO PURGATÓRIO - 22 DE MAIO

   
08.JPG




Protetora das pessoas sem filhos, casamentos difíceis, pessoas ridicularizadas pela sua piedade, tentações, vítimas de adultério, vítimas de infidelidade, viúvas

Santa Catarina nasceu no ano de 1447, na célebre família Fieschi de Gênova. Esta família deu à Igreja dois Papas, nove cardeais e dois arcebispos, além de magistrados e capitães. Seus pais eram fervorosos católicos e a educaram no santo temor de Deus. 


Image result for URNA DI Caterina Fieschi Adorno



     Catarina foi objeto de copiosas bênçãos do Céu: aos oito anos, recebeu um dom particular de oração e união com Deus; aos 12, já procurava renunciar à sua vontade para só fazer a do Divino Redentor e meditava constantemente na Paixão de Nosso Senhor; aos 13 anos, quis consagrar-se a Deus em um convento, mas devido a pouca idade não foi admitida.
     Gênova então era palco de guerras sangrentas entre guelfos (partidários do poder temporal dos Papas) e gibelinos (defendiam o poder do Imperador). Aproveitando-se da situação caótica, o duque de Milão tomou a cidade.
     Logo a paz foi restabelecida e os desentendimentos entre as famílias rivais se acalmaram. Os Fieschi e os Adornos, que se reconciliaram a partir de então, decidiram promover o casamento de Catarina Fieschi com Julião Adorno. Catarina, então com 16 anos, em tudo via a mão de Deus e aceitou o matrimônio, algo tão contrário às suas aspirações.
     Mas, Julião, de temperamento colérico, volúvel e extravagante, tornou o casamento infeliz. Ele amava as pompas e as vaidades, o luxo, os prazeres, enquanto Catarina considerava tudo vaidade e aflição de espírito. Ele passou a desprezá-la e a ultrajá-la de muitos modos. Além disso, sendo um jogador contumaz, dilapidou sua fortuna, como também o dote de Catarina. Aos poucos o casal ia caindo na pobreza.
     Catarina, porém, procurava pela paciência e pela prática das virtudes conquistar a alma do esposo para Deus. Por cinco anos ela sofreu aquela situação, parecendo-lhe que Deus a deixara entregue à sua própria sorte. Vendo-a tão provada, os parentes a aconselharam a retomar a vida social; visitas a senhoras de sua categoria, diversões e festas de seu círculo, entretanto não preenchiam os anseios de seu coração. Outros cinco anos se passaram.


Image result for URNA DI Caterina Fieschi Adorno



     Em 1473, no dia de São Bento, foi aconselhada por sua irmã religiosa a consultar o confessor do convento. Catarina, então com 26 anos, procurou o sacerdote. Mais tarde ela contaria que assim que se ajoelhou no confessionário, "foi objeto de uma das mais extraordinárias operações de Deus na alma humana, de que tenhamos notícia. O resultado foi um maravilhoso estado de alma que durou até sua morte. Nesse estado ela recebeu admiráveis revelações, às quais às vezes se referiu aos que a rodeavam, e que estão sobretudo incorporadas em suas duas celebradas obras – os Diálogos da Alma e do Corpo e o Tratado sobre o Purgatório"
     
"O Senhor dignou-se iluminar sua mente com um raio tão claro e penetrante de sua divina luz, e acender em seu coração uma chama tão ardente de seu divino amor, que ela viu em um momento, e conheceu com muita clareza, quão grande é a bondade de Deus, que merece infinito amor; além disso, viu quão grande é a malícia e perversidade do pecado e da ofensa a Deus, quaisquer que sejam, mesmo ligeiros e veniais".

     Catarina sentiu uma contrição muito viva por seus pecados e um amor tão grande a Deus, que fora de si exclamava: "Amor meu, nunca mais hei de ofender-te!". O resultado deste amor foi um desejo insaciável da Santa Comunhão. Obteve a graça de poder comungar diariamente, fato raríssimo naquele tempo. Era tão grande a força transmitida pelo Pão dos Anjos, que ela passava os 40 dias da Quaresma e os do Advento sem outro alimento além de um copo de água misturada com vinagre e sal.




Image result for Caterina Fieschi Adorno


     Catarina praticava severas austeridades: dormia sobre uma enxerga, tendo como travesseiro um pedaço de madeira; disciplinava-se, usava cilícios e proibiu a si própria de proferir palavras inúteis; rezava diariamente de joelhos durante sete a oito horas.



Image result for Caterina Fieschi Adorno





     Tendo Nosso Senhor lhe aparecido com sua cruz, cheio de sofrimento e irrisão, tão profunda foi sua dor ao contemplar aquela imagem sofredora, que ela chorava com freqüência ao considerar a ingratidão dos homens depois dos benefícios da Redenção.



Image result for Caterina Fieschi Adorno

Marco Benefial, A Visão de Santa Catarina Fieschi Adorno, 1747 | Arte italiana: Neoclássico e do século XIX 

     Catarina conseguiu converter o marido após muitas orações, grande paciência e submissão. Combinaram viver como irmãos e praticar boas obras. Em 1482, eles se instalaram numa casa contígua a um hospital, onde cuidavam dos doentes. Julião entrou para a Ordem Terceira de São Francisco; enfrentou uma enfermidade que o levou a morte, em 1497, após receber os Sacramentos.
     Catarina entrou na Sociedade da Misericórdia, que fora constituída pelos mais distintos habitantes da cidade e por oito damas escolhidas entre as mais nobres e ricas de Gênova, tendo como objetivo o socorro os pobres.




     Ela foi encarregada da distribuição das esmolas angariadas pela associação; socorria de preferência os leprosos ou portadores de úlceras gangrenosas, procurava para eles moradia, cama, roupa e alimento. Conseguiu dominar a repugnância natural que essas pessoas provocavam e prestava a elas os mais humildes serviços, inclusive cuidar de suas chagas repugnantes.
     Admirados com sua dedicação, os administradores do Hospital Pammatone, de Gênova, entregaram a ela a sua administração, cargo que Catarina ocupou até a morte.







07.JPG


Uma capela dedicada a Santa Caterina Fieschi Adorno ( ou Santa Catarina de Gêneova) pode ser vista na Igreja de San Giovanni Battista dei Genoves porque ela trabalhou no hospital adjacente durante a praga que atingiu Roma de 1494 a 1501.



     A Santa sofreu, nos últimos nove anos de sua vida, uma doença que, segundo os melhores médicos da Itália, não tinha causa natural: sua origem era sobrenatural e não havia remédio para ela. Com freqüência ela ficava às portas da morte.
     Obediente ao seu confessor, Catarina escreveu duas obras que contêm doutrina e são inteiramente de acordo com as verdades de Fé: os Diálogos da Alma e do Corpo e o Tratado sobre o Purgatório. No primeiro, Catarina descreve os efeitos do amor divino em uma alma, a alegria que os acompanham.




 Quanto ao segundo, tão grande era seu contato com as almas do Purgatório, que essa obra valeu a ela o título de Doutora do Purgatório.
     Santa Catarina faleceu em Gênova, aos 63 anos, no dia 15 de setembro de 1510, e foi sepultada na capela do Hospital. 





Resultado da imagem para Caterina Fieschi Adorno




Seu corpo incorrupto foi removido para outros lugares nos anos 1551, 1593 e 1642. Em 1694, ainda incorrupto, foi colocado num relicário de prata e cristal, sob o altar-mor da igreja erigida em sua honra no bairro de Portoria, em Gênova. Ali a Santa é venerada por muito devotos.

Imagem associada



Image result for Caterina Fieschi Adorno

Santuário de Santa Catarina, Itália



     Em 1837 e em 1960, o corpo incorrupto de Santa Catarina foi cuidadosamente examinado por peritos. O médico chefe da última equipe declarou: "A conservação é verdadeiramente excepcional e surpreendente, e merece uma análise da causa. A surpresa dos fiéis é justificada quando atribuem a isso uma causa sobrenatural".




Image result for Caterina Fieschi Adorno



Os escritos de Catarina foram examinados pelo Santo Ofício e declarado conter doutrina que só seria suficiente para provar sua santidade, e foi beatificada em 1675 pelo Papa Clemente X , e canonizada em 1737 pelo Papa Clemente XII . 
Seus escritos também se tornaram fontes de inspiração para outros líderes religiosos, como os Santos Roberto Bellarmine e S. Francisco de Sales e o cardeal Henry Edward Manning . 



Resultado da imagem para Caterina Fieschi Adorno

São Vincente Ferrer e Santa Catarina da Gênova (lado direito) e Beato Baldassarre Ravaschieri (lado direito), com a Virgem Assunta ao céu.


 A festa litúrgica de Santa Catarina de Gênova é celebrada em calendários locais em 15 de setembro. Papa Pio XII declarou sua padroeira dos hospitais na Itália. 




Image result for PURGATORY

Visão do Grande purgatório:
Vi com os olhos da alma um fogo que causava horror sem limite nem forma, que queimava sem nunca variar, em um silencio absoluto... Vi neste fogo milhões de pobres almas estreitas uma contra as outras, mas sem que pudessem se comunicar, senão aquele mesmo fogo. Este grande Purgatório é como o inferno, a parte a eternidade das penas e o ódio perante Deus e das outras almas, a parte a desesperação.
Se não me engano, vi que elas neste estado eram mais purificadas que consoladas, mais queimadas que iluminadas: é um estado terrível.

Image result for PURGATORY





Image result for Caterina Fieschi Adorno

Prece de Santa Catarina de Gênova

Sofrimento e confiança em Deus

Deus, nosso Pai, nós vos pedimos por aqueles estão enfermos, especialmente nossos parentes, amigos e conhecidos. Por aqueles que no sofrimento sentem-se abandonados e carregam a cruz sozinhos em meio à dor e ao desespero. Sejamos misericordiosos e compassivos para juntos sofrermos e suplicarmos a vós força e aceitação do mistério da dor. Neste momento de paixão e morte, nos console a esperança da ressurreição já aqui e agora. Ressurreição que é acreditar que em vós vivemos, somos e nos movemos; que a morte não tem poder sobre os que em vós esperam!

Image result for URNA DI Caterina Fieschi Adorno


Senhor, pelos méritos de Santa Catarina de Gênova, concedei-me a graça da oração profunda e a confiança inabalável no Vosso Amor por mim. Santa Catarina de Gênova, rogai por nós.
AMÉM!


Image result for CATERINA DE GENOVA PURGATORI



FONTES:
http://www.cittadellaspezia.com/Materia-facoltativa/Da-Scutari-a-Pignona-itinerari-della-160950.aspx
http://himetop.wikidot.com/santa-caterina-fieschi-adorno-s-chapel
http://www.bccgenova.it/santa-caterina-da-genova.html
http://www.acheoracao.com.br/oracoes/395.html
http://www.paroquiaurussanga.com.br/single/santo-do-dia-santa-catarina-de-genova-21-de-maio