quinta-feira, 15 de março de 2012

SÃO PATRÍCIO ( OU SAINT PATRICK) , BISPO - PADROEIRO DA IRLANDA - 17 DE MARÇO



















Nascimento ?387 em Banwen
Morte 17 de março de 461
Veneração por Igreja Católica
Igrejas Orientais

Igreja Anglicana

Igreja Luterana
Principal templo Catedral de São Patrício (Nova Iorque).
Festa litúrgica 17 de março
Atribuições pregar o cristianismo na Irlanda, fundar a primeira diocese irlandesa e ser o primeiro a incetivar a confissão particular.
Padroeiro: da Irlanda (co-padroeiro).





São Patrício (38717 de março de 461) foi primeiramente um missionário cristão, sendo depois sagrado bispo e santo padroeiro da Irlanda, juntamente com Santa Brígida de Kildare e São Columba.

 É considerado o Apóstolo da Irlanda.

Nascido na costa oeste da Grã-Bretanha, a pequena localidade galesa de Banwen é frequentemente referida como seu lugar de nascimento, embora haja muitas hipóteses sobre este facto. 

Quando tinha dezesseis anos foi capturado e vendido como escravo para a Irlanda, de onde escapou e retornou à casa de sua família seis anos mais tarde.

 Iniciou então sua vida religiosa e retornou para a ilha de onde tinha fugido para pregar o Evangelho.




 





 Converteu centenas de pessoas, muitas delas se tornaram monges

Para explicar como a Santíssima Trindade era três e um ao mesmo tempo utilizava o trevo de três folhas e por isso o mesmo tem papel importante na cultura Irlandesa. 

Foi incentivador do sacramento da confissão particular, tal como conhecemos hoje, visto que antes o mesmo era realizado de forma comunitária.

 Um século mais tarde essa prática se propagou para o restante da Europa.









 





A crença popular atribui a São Patrício o desaparecimento das cobras da ilha onde fica a Irlanda sendo a razão de em algumas gravuras do santo ele aparecer esmagando esses animais com seu cajado

Mas algumas evidências científicas sugerem que a Irlanda Pós-Era Glacial não era habitada por serpentes .







Muito reverenciado nos Estados Unidos devido ao grande número de imigrantes irlandeses. 

Em Manhattan, Nova Iorque, há uma catedral com o seu nome, sede da arquidiocese da metrópole.

 No dia 17 de março há diversas comemorações na Irlanda e nos Estados Unidos, conhecidas como paradas de São Patrício, onde ocorrem festejos e desfiles em memória do santo, sendo essa a principal forma de afirmação do orgulho dos imigrantes e descendentes de irlandeses na América.

No livro As Brumas de Avalon (1979), de Marion Zimmer Bradley, Patrício é retratado como um bispo fanático, preconceituoso contra outras religiões e politicamente ambicioso, procurando, sempre que possível, passar por cima da autoridade do próprio rei.









Magnonius Sucatus Patricius era um cidadão romano nascido na Bretanha Romana perto de Bannavem Taburniae (um local desconhecido talvez na baixa Severn, em North Wales), filho de Calpurnius, um diácono e neto de um padre de nome Potitus(não era incomum os diáconos e padres se casarem naquela época).

Capturado na idade de 16 anos por bandidos irlandeses foi levado para a Irlanda e vendido como escravo. 

Ele cuidava de um rebanho no Condado de Antrim (embora a tradição diga que ele cuidava do rebanho na Floresta de Voclut, a qual é perto de Killara no condado de Mayo).

 Durante 6 anos ele foi escravo e no verão de 407 estava em um navio transportando cães de caça irlandeses para o continente quando ao aportarem em Gaul, foram atacados por nórdicos e Patrick ficou aos cuidados de uma Instituição Monástica da região ; e o mais interessante é que um dos seus professores era nada menos que o notável São Germanus de Auxerre. 

Patrick treinou-se com ele fazendo o possível para alcançar os desejos do apostolado irlandês.

 Como Patrick mesmo notou "A voz do irlandês .....gritou mais alto como uma só boca : Nos pedimos a ti rapaz que caminhe conosco uma vez mais". 

No seu livro "Confessio", declarou que sua vocação era " um mandado Divino e fundado no aprendizado humano e assim a sua preparação para um retorno a Irlanda era na verdade, uma preparação espiritual engendrada por Deus". 

Ele admitiu a sua falta de educação e de aprendizado escrevendo: "Eu enrubesço e tenho medo de revelar a minha deficiência de educação e preparo...."

Não obstante ele era muito inteligente, estudioso e aprimorou-se nos essenciais da fé e tornou-se muito familiar com as Escrituras, embora alguns escolásticos e estudiosos questionam onde exatamente ocorreu o seu preparo e educação. 

Alguns concordam que ele esteve muito tempo em Gaul, e preferem que ele tivesse escolhido a Bretanha como local de seu aprendizado. 

Independente da duração e local de seu aprendizado, Patricio provou ser um brilhante missionário e um grande pastor. 

Foi o primeiro missionário a ser indicado a trazer a Cristandade para a Irlanda. 

Paladium foi indicado em 431 pelo Papa Celestino (422-432) mas ele ou morreu ou, como parece ser mais provável, não teve sucesso e foi para a Escócia, algum tempo depois, em 431. 

Em seu lugar foi indicado Patricio, o qual foi consagrado bispo e enviado para a missão na Irlanda. 




 



Nos próximos 24 anos Patricio viajou por todos as cinco províncias da ilha e conseguiu a conversão de praticamente todo o povo irlandês. 

Mais tarde ele fundou a primeira Santa Sé na Irlanda.

Ele escreveu , pouco antes de sua morte "........ vim passar anos na Irlanda onde quase ninguém tinha conhecimento de Deus .....e temos agora um povo do Senhor, e são chamados Filhos de Deus......" 

Suas duas grandes realizações foram a promoção do Clero nativo irlandês e a cuidadosa e difícil integração da fé Cristã com a cultura nativa Céltica-Irlandesa.

 Ele usou a simplicidade  sincera, e o estilo bíblico de pregar que ganhou corações e mentes.

Infelizmente detalhes de sua vida são fragmentados com lendas que o rodeiam e assim não podem ser consideradas de total confiança, inclusive a "Vida de São Patricio" escrita por Muirchu, " Os Anais Irlandeses" e o "Breviário de Tirecham ".
Patricio foi, sem dúvida, o autor de "Conféssio" (um testemunho sincero de sua fé pessoal) e da "Carta a Coroticus"  e foi um grande pastor na mais pura acepção da palavra.

As lendas sobre São Patricio são muitas, mas a mais famosa é aquela que se credita a ele a expulsão da serpentes da Irlanda. 

Realmente, antes de São Patricio a Irlanda era infestada de cobras e das mais variadas serpentes e após São Patricio, não mais do que o normal. Feriados nacionais o homenageiam em vários países, inclusive Irlanda, USA e Rússia.








Dia de São Patrício (em inglês: Saint Patrick's Day, em irlandês: Lá ’le Pádraig ou Lá Fhéile Pádraig), é a festa anual que celebra São Patrício, um dos padroeiros da Irlanda, e é normalmente comemorado no dia 17 de Março pelos países que falam a língua inglesa

Essa data é normalmente medida pela autoridade da Igreja. As pessoas vestem-se de trajes verdes, saindo as ruas em uma longa caminhada festiva.



 






 Hoje, Dia de São Patrício é provavelmente o mais amplamente comemorado dia santos no mundo.


No Saint Patrick's day as pessoas usam verde por que São Patrício usava um trevo de três folhas para explicar sobre a trindade: Pai , Filho e Espírito Santo.

O primeiro "Saint Patrick's Festival" foi realizado no dia 17 de Março de 1996. Em 1997, tornou-se um evento de três dias, e em 2000 foi um evento de quatro dias. Em 2006, o festival durou cinco dias.


 




No passado, o Dia de São Patrício era apenas uma celebração da cerveja. 

Tornou-se um feriado público no ano de 1903

Na Inglaterra, foi introduzido no Parlamento pelo irlandês James O'Mara. Mais tarde, O'Mara introduziu a lei que proibia que os pubs fechassem no dia 18 de Março, uma providência que só foi mudada nos anos 70. 

A primeira manifestação ocorreu em Dublin, no ano de 1931, e foi criticada pelo ministro Fitzgerald.










A cor verde

Com o passar dos anos a cor verde e sua ligação com o dia de São Patrício aumentou.

 Fitas verdes e trevos eram usados nas celebrações do dia de São Patrício no século XVII. 



 


Dizem que São Patrício usou o trevo para explicar a Santíssima Trindade aos pagãos celtas, com isso, o uso de trevos de três folhas e similares estão intimamente ligados aos festejos.

 Na rebelião irlandesa de 1798, na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março na esperança de chamar a atenção pública à rebelião. 

A expressão irlandesa "the wearing of the green" (Vestindo o verde), significa usar um trevo ou então outra peça de roupa em referência aos soldados rebeldes.







ORAÇÃO DE SÃO PATRÍCIO:

(Esta oração, que deve ser rezada todas as manhãs, foi escrita originalmente em Gaélico em meados do século V por São Patrício, e recebeu esse nome por seu enorme poder de proteção contra inimigos dos mundos físico e espiritual

É, também, considerada a mais antiga expressão de poesia vernácula européia.)







Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da unidade
Do Criador da Criação.
Levanto-me neste dia que amanhece,
Pela força do nascimento de Cristo em Seu batismo,
Pela força da crucificação e do sepultamento,
Pela força da ressurreição e ascensão,
Pela força da descida para o Julgamento Final.
Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do amor dos Querubins,
Em obediência aos Anjos,
A serviço dos Arcanjos,
Pela esperança da ressurreição e da recompensa,
Pelas orações dos Patriarcas,
Pelas previsões dos Profetas,
Pela pregação dos Apóstolos
Pela fé dos Confessores,
Pela inocência das Virgens santas,
Pelos atos dos Bem-aventurados.
Levanto-me neste dia que amanhece,
Pela força do céu:
Luz do sol,
Clarão da lua,
Esplendor do fogo,
Pressa do relâmpago,
Presteza do vento,
Profundeza dos mares,
Firmeza da terra,
Solidez da rocha.




 




Levanto-me neste dia que amanhece,
Pela força de Deus a me empurrar,
Pela força de Deus a me amparar,
Pela sabedoria de Deus a me guiar,
Pelo olhar de Deus a vigiar meu caminho,
Pelo ouvido de Deus a me escutar,
Pela palavra de Deus em mim falar,
Pela mão de Deus a me guardar,
Pelo caminho de Deus à minha frente,
Pelo escudo de Deus que me protege,
Pela hóstia de Deus que me salva,
Das armadilhas do demônio,
Das tentações do vício,
De todos que me desejam mal,
Longe e perto de mim,
Agindo só ou em grupo.




 






Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
Contra qualquer força cruel que ameace meu corpo e minha alma,
Contra a encantação de falsos profetas,
Contra as leis negras do paganismo,
Contra as leis falsas dos hereges,
Contra a arte da idolatria,
Contra feitiços de bruxas e magos,
Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.
Cristo guarde-me hoje,
Contra veneno, contra fogo,
Contra afogamento, contra ferimento,
Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.
Cristo comigo, Cristo à minha frente, Cristo atrás de mim,
Cristo em mim, Cristo embaixo de mim, Cristo acima de mim,
Cristo à minha direita, Cristo à minha esquerda,
Cristo ao me deitar,
Cristo ao me sentar,
Cristo ao me levantar,
Cristo no coração de todos os que pensarem em mim,
Cristo na boca de todos que falarem em mim,
Cristo em todos os olhos que me virem,
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.




 




Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da Unidade,
Pelo Criador da Criação.




FONTES:
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Patr%C3%ADcio
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_de_S%C3%A3o_Patr%C3%ADcio
http://www.cademeusanto.com.br/sao_patricio.htm
http://www.ecclesia.com.br/biblioteca/hagiografia/s_patricio.html












Glorioso sejas Tu, ó Cristo nosso Deus
Que enviaste nosso pai Patrício
Como evangelizador da Irlanda e luminária na Terra
E através dele, guiaste muitos para a fé verdadeira.
Glória a Ti, nosso Deus misericordioso, glória a ti.






 




Da escravidão tu escapaste para a liberdade à serviço de Cristo:
Ele te enviou para libertar a Irlanda das amarras do demônio,
E plantar a Palavra do Evangelho no coração dos pagãos.
Em tuas jornadas e sofrimentos, foste como o Apóstolo Paulo!
Recebendo a recompensa celestial por teu labor,
Rogai sempre pelo rebanho que tu colheste na terra,
Santo bispo Patrício! 










"........ vim passar anos na Irlanda onde quase ninguém tinha conhecimento de Deus .....e temos agora um povo do Senhor, e são chamados Filhos de Deus......" 
SÃO PATRÍCIO









Ó santo bispo Patrício,
taumaturgo, igual aos Apóstolos
e evangelizador do povo irlandês,
Rogai a nosso Deus misericordioso
pela remissão de nossos pecados.





TUMBA ABAIXO DA CATEDRAL DA IRLANDA



CATEDRAL DA SANTISSIMA TRINDADE , IRLANDA




RELICÁRIO DE SÃO PATTRÍCIO














Santo bispo Patrício,
Fiel pastor do rebanho de Cristo,
Tu iluminaste a Irlanda com o fulgor da Boa Nova
E o poder da Trindade!
Agora que estás na presença do Salvador,
Rogai para que ele nos guarde em fé e amor!










Enquanto viveste na terra, ó bendito pai Patrício,
tu te puseste sob o nome da Santíssima Trindade,
a Indivisível Trindade que criou o universo.
Agora que estás diante do trono celeste,
roga a Cristo Nosso Deus pela salvação de nossas almas.















































Um comentário:

  1. Muito informativo.
    Que São Patrício te ilumine.
    Abraços.
    Eugênio Fonseca

    ResponderExcluir