domingo, 26 de setembro de 2010

SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS E DA SAGRADA FACE - 01 DE OUTUBRO




Resumo:

"Não quero ser Santa pela metade, escolho tudo".

 

Francesinha, que nasceu em Aliçon 1873, e morreu no ano de 1897. Santa Terezinha não só descobriu no coração da Igreja que sua vocação era o amor, mas sabia que o seu coração - e o de todos nós - foi feito para amar.

Terezinha entrou com 15 anos no Mosteiro das Carmelitas, com a autorização do Papa e sua vida passou na humildade, simplicidade e confiança plena em Deus.



Todos os gestos e sacrifícios, do menor ao maior, oferecia a Deus, pela salvação das almas, e na intenção da Igreja.

 Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face esteve como criança para o pai, livre igual a um brinquedo aos cuidados do Menino Jesus, e tomada pelo Espírito de amor, que a ensinou a pequena via da infância espiritual.

O mais profundo desejo do coração de Terezinha era ter sido missionária "desde a criação do mundo, até a consumação dos séculos".










Sua vida nos deixou como proposta, selada na autobiografia "História de uma alma", e como intercessora dos missionários sacerdotes e pecadores que não conheciam Jesus, continua ainda hoje, vivendo o Céu, fazendo o bem aos da terra.



Proclamada principal padroeira das missões em 1927, padroeira secundária da França em 1944, e Doutora da Igreja, que nos ensina o caminho da santidade pela humildade em 1997, na data do seu centenário, ela mesma testemunha que a primeira palavra que leu sozinha foi: " céus "; agora a última sua entrada nesta morada, pois exclamou : " meu Deus, eu vos amo...eu vos amo ".





Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face


Teresa de Lisieux (Alençon, 2 de janeiro de 1873 — Lisieux, 30 de Setembro de 1897) foi uma religiosa carmelita francesa e Doutora da Igreja. É conhecida como Santa Teresa do Menino Jesus e da Santa Face ou, popularmente, Santa Teresinha.



Nascida Marie Françoise Thérèse Martin (Maria Francisca Teresa Martin), era filha de Louis Martin e Zélie Guérin. Quando nasceu, era muito franzina e doente e, desde o nascimento, exigia muitos cuidados.



Infância e adolescência



Aos dois anos de idade, Teresa já tem na sua ideia seguir a vida religiosa para grande alegria da sua mãe, mas para desgosto do seu tio Isidore Guérin (seu futuro tutor sub-rogado).



Em Agosto de 1876, sua mãe toma conhecimento de que padece de câncer. Quando esta falece, seu pai muda-se com as quatro filhas para Lisieux em 1877.



A prematura morte da sua mãe, quando tinha apenas quatro anos fez com que ela se apegasse a sua irmã Pauline, que elegeu para sua "segunda mãe". A repentina entrada dessa irmã no Carmelo, fez a jovem Thérèse, adoecer. Curada pela ‘Virgem do Sorriso’, imagem da Imaculada Conceição por quem seus pais tinham afeição, tomou uma forte resolução de entrar para o Carmelo.



Entrou para ser aluna na Abadia das Beneditinas de Lisieux, e lá permaneceu por cinco anos, porém após sofrer muitas humilhações, de lá saiu e passou a receber aulas particulares.



 
Quase ao completar quatorze anos, no Natal de 1886, Teresa passa por uma experiência que chamou de "Noite da minha conversão". Ao voltar da missa e procurar seus presentes, percebe que seu pai se aborrece por ela apresentar comportamento infantil. A menina decide então a renunciar a infância e toma o acontecido como um sinal inspirador de força e coragem para o porvir.


Vida no Carmelo

Seis meses depois, Teresa decide que quer entrar para o Carmelo (Ordem das Carmelitas Descalças). Como a pouca idade a impede, é levada por familiares, em novembro de 1887, para uma audiência com o Papa, em Roma, para pedir a exceção, a chorar, ao Papa Leão XIII, contra a vontade do então Bispo de Lisieux. Em Abril do ano seguinte é finalmente aceita. Concedida a autorização ingressou em 9 de Abril de 1888 e tomou o nome de Thérèse de l'Enfant Jesus.
Fez sua profissão religiosa, em 8 de Setembro de 1890, e tomou o nome de Thérèse de l'Enfant Jesus et de Sainte Face, mas ficou conhecida após sua morte como Thérèse de Lisieux.








Inclinada por temperamento à calma e a tristeza, Thérèse com lindos cabelos castanhos, olhos claros e traços delicados, quando escrevia no seu diário “Oh! Sim, tudo me sorrirá aqui na terra”, atravessava uma época em que experimentava injustiças e incompreensões.





Já atingida pela tuberculose, debilitada nas forças, não rejeitava trabalho algum e continuava a “jogar para Jesus flores de pequenos sacrifícios”.


Após seis anos na ordem, em 1894, almejando o caminho da santidade, Teresa percebe que não conseguiria pelas tradicionais mortificação, disciplina e sacrifício observadas pelos santos a quem se dedica a estudar.

Inspirada nas palavras de um padre, Teresa adota a "Pequena Via", um caminho pequeno e reto para a santidade, que consiste simplesmente em se entregar ao amor de Jesus Cristo, para que Ele conduza pelo caminho.




 
Morreu em 30 de Setembro de 1897, com apenas 24 anos. Disse, na manhã de sua morte: “eu não me arrependo de me ter abandonado ao amor”, e na iminência de sua morte disse às religiosas que estavam à sua volta: "Farei cair uma chuva de rosas sobre o mundo!". No dia 4 de outubro de 1897, foi sepultada no cemitério de Lisieux.


Canonização









A sua irmã, Paulina, também carmelita, publicou em 1898 os escritos de Santa Teresinha, intitulados "História de uma alma".

No dia 17 de Maio de 1925, Teresinha foi canonizada pelo Papa Pio XI.

O mesmo Papa a declara Patrona Universal das Missões Católicas em 1927. O Papa João Paulo II a declara Doutora da Igreja no dia 19 de outubro de 1997.

Em carta tornada pública em 1 de outubro de 2007, o Papa Bento XVI recordou que

"Teresa de Lisieux, sem haver saído de seu Carmelo, (...) viveu à sua maneira, um autêntico espírito missionário (...) oferecendo ao mundo uma nova via espiritual lhe obteve o título de Doutora da Igreja.
Desde Pio XI até os nossos dias, os Papas não têm deixado de recordar os laços entre oração, caridade e ação na missão da Igreja."



Beatificação dos Pais







No dia 19 de outubro de 2008, Dia Mundial das Missões, em Lisieux, na basílica dedicada precisamente à sua filha, os pais de Santa Teresinha, Luís Martin e Zélia Guérin foram beatificados pela Igreja, em cerimônia presidida pelo cardeal José Saraiva Martins. Na ocasião Saraiva Martins conclamou as famílias presentes "para que imitem os dois esposos e se tornem eles próprios lares santos e missionários." Foi o segundo casal a ser beatificado pela Igreja Católica.


Novena Milagrosa das Rosas

Se você está correndo algum tipo de perigo, vivendo momento de aflição ou angústia, faça a Novena Milagrosa de Santa Terezinha das Rosas.

Diz a tradição que, após a Novena, a pessoa receberá de alguém, de uma maneira bem inesperada, uma rosa, sinal de que seu pedido será atendido pela querida e poderosa Santa Terezinha das Rosas.

Esta novena pode ser começada em qualquer dia do mês; há um grande número de amigos de Santa Terezinha que fazem a novena entre os dias 9 e 17 de cada mês.













Reze durante 9 dias:


0RAÇÃO - "Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de Vossa serva Santa Terezinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente Vos peço (faça o pedido da graça que deseja) - se for conforme a Vossa Santíssima vontade e para salvação de minha alma.
 Ajudai minha fé e minha esperança, ó Santa Terezinha, cumprindo mais uma vez sua promessa de que ninguém Vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida.

Reza-se em seguida 24 vezes: "Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos e séculos, amém."
Santa Terezinha do Menino Jesus, rogai por nós.



Rezar 1 Pai-Nosso, 1 Ave Maria





Estátua e Basílica de Santa Terezinha em Lisieux, França.




ALGUMAS FOTOS DE SANTA TEREZINHA:






SANTA TEREZINHA TRABALHANDO
AO FUNDO NO CENTRO.







SANTA TEREZINHA
FAZENDO O PAPEL DE JOANA DARC.


SANTA TEREZINHA (SEGURANDO A AMPULHETA)
COM NOVIÇAS
E A TIA GUERIM SEGURANDO O MENINO JESUS.





 

 



Santa Terezinha doente





No papel de Joana darc


7 comentários:

  1. Minha santinha...
    Com ela o caminho do Céu
    é mais lindo e perfumado, com as paginas
    da linda vida de Jesus...
    Com Terezinha como é fácil
    aspirar a santidade...
    Como desejo ser eu uma de suas rosas
    quando fazer chover pétalas de rosas sobre a terra inteira...
    Santa Terezinha do Menino Jesus ...
    ... Rogai por nós..

    ResponderExcluir
  2. Em todos os momentos de aflição que roguei a interceção da minha santinha Ela nunca me abandonou,minhas filhas vivas e com saude são as provas vivas deste milagre.

    ResponderExcluir
  3. Cristiane Antunes Pereira6 de agosto de 2011 05:12

    Minha linda Santinha, que até hoje nunca me abandonou, que me acompanha diariamente em preces e orações. Te agradeço por todas as bençãos recebidas até hoje. Rogai por nós.

    ResponderExcluir
  4. Santa Terezinha, minha santinha do coração. Conheci e aprendi a gostar Dela com minha avó Terezinha, que hoje com certeza está ao lado dela olhando por nós. Sou muito crente em sua novena milagrosa, e todas as causas dificeis as quais recorrí a tão amada Santinha fui atendida, e como ela prometeu... sempre me enviou uma rosa como sinal de que minha garaça seria atendida e assim todas foram. Nos abençõe sempre, amada santinha! Fabiana

    ResponderExcluir
  5. Santa Teresinha , em tua homenagem carrego teu amado nome , faça de mim uma pessoa melhor , mais paciente e mais cheia de fe em teu amor a Jesus .Ouve minhas preces e atende meus pedidos com a força de tua graça envia-me novemente uma rosa de teu amor . AMEM

    ResponderExcluir
  6. sata terezinha padroeira e doutora da igreja fazei me semelhante ao vosso amor a jesus

    ResponderExcluir
  7. Minha santa de devoção! Faço a novena das rosas todo mês!!! E as graças são sutilmente concedidas; não aquilo que pedimos, mas aquilo que Deus nos acha necessário e que Santa Terezinha nos pede a Ele!

    ResponderExcluir